13 de dezembro de 2018
Governo pretende implantar critérios de promoção de forma unilateral

Governo pretende implantar critérios de promoção de forma unilateral

Na verdade, essas mudanças são alterações unilaterais no Plano de Cargos e Carreiras.
 .
MIPC/PE reivindica reformulação de algumas carreiras, aceleração da progressão salarial e redução do intervalo de tempo para o avanço automático de nível.
 .
27.02.2013
 .
O governo do Estado, através das Secretarias de Defesa Social (SDS) e Secretaria de Administração (SAD), deu início aos trabalhos que visam definir uma nova política de avanço de nível e promoção. Na verdade, essas mudanças são alterações unilaterais no Plano de Cargos e Carreiras (PCCV), que por sua vez afetam profundamente o plano de cargos e reafirmam a necessidade da abertura de um novo processo de negociação com as representações classistas da Polícia Civil.
 .
Ante a eterna omissão do SINPOL em vários diálogos travados com a gerência do GRH, o MIPC/PE, através de seu presidente Diego Soares, há muito tempo vem cobrando isso, deixando claro que os trabalhadores têm propostas de melhorias para o plano de cargos. O dirigente do MIPC/PE reivindica ainda a reformulação de algumas carreiras, a aceleração da progressão salarial, a redução do intervalo de tempo para o avanço automático de nível, entre outros direitos da categoria.
 .
A nova política de distribuição de níveis e promoção, além de não estar sendo discutida com as representações sindicais, concentra ainda mais poder para as gerências na avaliação da Polícia Civil e aumenta o grau de subjetividade do processo. Isso tudo é um retrocesso, já que a categoria pleiteia um no novo PCCV com regras claras e objetivas, justamente para evitar que a progressão salarial seja baseada em critérios pessoais dos gestores.
 .
Portanto, está clara a intenção, por parte dos gestores do Governo, de acirrar a disputa com o movimento classista numa tentativa de desmobilizar as lutas dos servidores policiais, principalmente no que diz respeito ao PCCV.
 .
É hora de intensificar a luta e construir uma grande mobilização na categoria, deixando claro para o Governo que é preciso ouvir os servidores e seus representantes classistas na criação dos critérios de promoção. O MIPC/PE também está orientando o SINPOL e a ADEPPE a pressionar as gerências locais para que o processo de avanço de nível e promoção seja transparente, com critérios claros e objetivos, evitando que os “amigos do rei” continuem sendo agraciados, em detrimento dos demais policiais.

Sobre ASPOL/PE

ASPOL/PE
Escreva uma minibiografia para constar no seu perfil. Essas informações poderão ser vistas por todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top