14 de novembro de 2019
MIPC/PE visita Delegacia de Pesqueira (PE)

MIPC/PE visita Delegacia de Pesqueira (PE)

Objetivo é divulgar a entidade classista e demonstrar seus esforços para unir a categoria.
.
Durante as visitas, MIPC/PE apresenta os mais de 200 convênios da associação.
.
17.01.2013
.
A diretoria da Associação Movimento Independente dos Policias Civis de Pernambuco (MIPC/PE) acaba de visitar a Delegacia de Pesqueira, cidade localizada no Agreste Pernambucano. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população da cidade é de aproximadamente 63 mil habitantes.
.
O objetivo é divulgar a entidade classista e demonstrar seus esforços para unir a categoria, realizar um diagnóstico das unidades policiais e, ainda, explanar sobre os problemas e as soluções do Plano de Cargo, Carreira e Vencimentos dos servidores. Além disso, durante as visitas, o MIPC/PE pretende difundir os mais de 200 convênios da associação, entre eles: Plano de saúde UNIMED NACIONAL, sem coparticipação, com boleto bancário e 42% de desconto; Banco ALFA, que oferece as melhores taxas para empréstimo consignado e Plano Odontológico ORTOCLIN, com o menor valor e a melhor qualidade no atendimento.
.
Nas visitas, os policiais ainda aproveitam para esclarecer as dúvidas sobre o suposto “novo enquadramento” das progressões, que deveriam ser anuais, além de saber mais informações sobre o andamento do Decreto da “Lei Orgânica”, que trata da proibição de acumular os cargos de polícia com o de professor, aprovado com o consentimento do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol).
.
Diego Soares, presidente do MIPC/PE destaca a importância dessas visitas às unidades de polícia de Pernambuco. “Nosso intuito é percorrer todas as unidades até o primeiro semestre deste ano, apresentando a associação, as perspectivas salariais, além de elucidar as dúvidas dos policiais, que são carentes de informações. Hoje, o MIPC/PE já é a segunda maior entidade classista dos policiais civis de Pernambuco. Nossa meta é lograr para o primeiro lugar no próximo ano e, assim, representar toda a categoria nas negociações salariais, já que o sindicato, por não possuir carta sindical, não representa a classe, somente os seus sindicalizados”, diz.
.
Ainda durante as visitas, a diretoria da associação realiza um diagnóstico das unidades policiais. A intenção é confeccionar um relatório, que será entregue a representantes do Poder Judiciário, Procuradoria do Trabalho, Imprensa Nacional e Internacional e do Governo. Pernambuco está na iminência de receber a Copa das Confederações, com grandes delegações e o MUNDO necessita conhecer as condições de trabalho que os policiais civis são submetidos.
.
Associados – Na unidade policial de Pesqueira estão associados os agentes de polícia, Bruno Leandro Santos Cavalcanti, João César, José de Vasconcelos, Bruno Rêgo Martins, José Renato Barbosa De Oliveira e o agente administrativo José Múcio Souza Santiago.
 
DIAGNÓSTICO
PONTOS POSITIVOS
PONTOS NEGATIVOS
Viaturas policiais em número suficiente.
Estrutura física necessita de melhoras, como pintura e construção de um banheiro feminino.
Reduzido efetivo policial, o que dificulta os serviços cartorários, além de prejudicar as investigações policiais.
-
Acúmulo de objetos apreendidos, o que agrava a insalubridade do local.
-
Acúmulo de procedimentos policiais, como inquéritos e requisitórios.
-
Ausência de alojamento feminino.
-
Não existe um número suficiente de computadores e impressoras.
-
Não possui placa de identificação.
-
Acúmulo de sujeira e higiene precária.

Sobre ASPOL/PE

ASPOL/PE
Escreva uma minibiografia para constar no seu perfil. Essas informações poderão ser vistas por todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top