14 de novembro de 2019
ASPOL/PE informa: deliberações da Assembleia Geral Extraordinária de 30.05.2014

ASPOL/PE informa: deliberações da Assembleia Geral Extraordinária de 30.05.2014

06.06.2014

Na última sexta-feira (30), a Associação dos Policiais Civis de Pernambuco (ASPOL/PE) realizou uma Assembleia Geral Extraordinária na sede da entidade com o objetivo de ouvir os associados e discutir a pauta apresentada. Na ocasião, por unanimidade dos presentes, foi deliberado o seguinte:

1. Análise dos resultados e intensificação da Operação Legal

A Operação Legal será intensificada em todas as seccionais por meio do acompanhamento e visita da diretoria nas unidades policiais. Somente na primeira semana da Operação, foram visitadas as regionais de Caruaru, Arcoverde, Belo Jardim e Santa Cruz do Capibaribe. Durante as visitas, os policiais civis puderam conhecer a Operação Legal, bem como esclarecer todas as dúvidas.

A diretoria também aproveitou a oportunidade das visitas para conscientizar os servidores de que a união da categoria em prol do cumprimento da legislação será o trunfo para as conquistas da categoria, sobretudo do principal anseio, que é a isonomia de 225% da gratificação de risco de vida com o cargo de delegado de polícia.

2. Eleição da ASPOL/PE

A eleição para a diretoria executiva da Associação ocorrerá em 12 de junho do corrente e a urna estará posicionada na sede da entidade.

3. Aumento dos custos da entidade

A diretoria da ASPOL/PE demonstrou aos associados os balancetes e a movimentação financeira deficitária da entidade, além da dificuldade em manter uma estrutura física de qualidade. Somados a esses gastos estão ainda os custos com o suporte à Operação Legal e à campanha para a eleição do SINPOL/PE, que ocorrerá em outubro. Os balancetes estão disponíveis para a visualização dos associados na sede da entidade.

O custo da entidade de classe cresceu expressivamente com os reajustes inflacionários e o planejamento da eleição ao Sindicato, sobretudo devido a formação da chapa pela Associação. Além disso, há preocupação em manter a qualidade do atendimento jurídico e do serviço do desk demand 24 horas, o que gerou um reajuste da mensalidade no valor de R$ 8 (oito reais). Todas essas deliberações foram acolhidas por unanimidade pelos associados.

Importância da banca jurídica

Atualmente, a ASPOL/PE possui mais de 500 ações judiciais impetradas, ou seja, o maior contencioso de demandas na busca por efetivar os direitos dos policiais civis. Por isso, os investimentos constantes na banca jurídica são de extrema importância.

Reajuste da mensalidade

Em relação ao reajuste, o diretor financeiro da entidade, Leonildo Negreiros, reforçou o compromisso da ASPOL/PE em não realizar mais nenhum durante o ano de 2014, permanecendo a mensalidade no valor de R$ 39,95 (trinta e nove reais e noventa e cinco centavos). Além disso, Leonildo garantiu que a Associação continuará oferecendo um serviço de excelência, com o menor valor de mensalidade entre as entidades classistas da Polícia Civil de Pernambuco.

Agimos com transparência porque respeitamos a nossa profissão e todos os colegas policiais civis. Oferecemos serviços de qualidade e estamos à disposição para eventuais dúvidas dos nossos servidores.

Venha participar da Associação que está transformando os rumos da Polícia Civil de Pernambuco (FILIE-SE JÁ).

Sobre ASPOL/PE

ASPOL/PE
Escreva uma minibiografia para constar no seu perfil. Essas informações poderão ser vistas por todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top