17 de julho de 2018
ASPOL/PE repudia inércia do Governo de PE em relação ao sistema carcerário e às demandas essenciais dos agentes penitenciários

ASPOL/PE repudia inércia do Governo de PE em relação ao sistema carcerário e às demandas essenciais dos agentes penitenciários

Diego Soares, presidente da ASPOL/PE: sistema carcerário está falido. 

Prisões de Pernambuco são as mais superlotadas do Brasil, com quase 32 mil presos para 10,5 vagas.

29.10.2015

A Associação dos Policiais Civis de Pernambuco (ASPOL/PE) repudia a atitude do Governo de Pernambuco em continuar sucateando os agentes penitenciários do estado. É notória a inércia do mesmo em relação às queixas da categoria, entre elas, atraso no pagamento do Programa Jornada Extra de Segurança (PJES) e número insuficiente de servidores, que atuam em estrutura extremamente desumana e recebem um dos piores salários do Brasil. Para piorar a situação dos agentes, o sistema carcerário de Pernambuco é o mais superlotado do país, segundo matéria publicada pelo Jornal do Commercio. Quase 32 mil presos dividem espaço destinado para apenas 10,5 mil, ou seja, o número de vagas deveria ser triplicado para atender à demanda atual.

Para Diego Soares, presidente da ASPOL/PE, o sistema penitenciário pernambucano está falido: “Os agentes penitenciários são marginalizados pelo Governo de Pernambuco. Além de não terem seus direitos básicos atendidos, são submetidos a atuar em um ambiente extremamente insalubre e superlotado – o que eleva ainda mais a vulnerabilidade desses profissionais no ambiente de trabalho. Enquanto o poder público ignorar essa situação, o sistema penitenciário pernambucano se tornará ainda mais caótico e conhecido mundialmente como um exemplo a NÃO ser seguido”.

Sobre ASPOL/PE

ASPOL/PE
Escreva uma minibiografia para constar no seu perfil. Essas informações poderão ser vistas por todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top